22 fevereiro, 2015

Zen “Casca Dura” ou “Zen Light”?



O zen japonês segue três pilares: Ele é xamânico, imperial e militar. Essas são caracteristicas da cultura japonesa incorporadas à prática e as cerimônias.

O zen mais light por ironia é o aquele que se originou da vertente chamada Rinzai. Com fama de ser o mais rigoroso. Mas o Rinzai hoje já se fundiu à Escola Soto, pelo menos no Japão.

O monge TNT, é um dos que se dedicou a difundir essa forma mais branda, mais amável de tratar o praticante de meditação e do zen.

Na minha Escola segue-se o exemplo de Boddhidharma. Nenhuma conversa, nenhum estudo de textos ou sutras. Apenas a experiência pela experiência é validada. O resto são distrações que podem retardar o acesso ao Despertar.

Cada um deve buscar o estilo mais próximo do seu temperamento e afinidades. Experimentar ambos os estilos é uma boa forma de saber isso.

De qualquer forma não existe nada fácil no Caminho. Ele pode ser suave ou duro só depende de quem o faz. E quem o faz é você.


16 fevereiro, 2015

Nevasca no Mosteiro

Providence Zen Center

Mosteiro de Diamond Hill -USA
Parece que previ que esse ano não seria uma boa ideia ir ao retiro. Eu simplesmente não chegaria lá. Ou chegaria com muito custo, atrasos, cancelamento de voo, etc. Claro, seria o caminho mais difícil, bem como gosto, mas não estava disposta dessa vez. Todavia, quando lá fui nunca vi tanta neve. Teríamos muito trabalho no "samu", tirando neve do caminho, da varanda e dos telhados. Esse talvez terá sido o melhor retiro de todos os tempos.

01 fevereiro, 2015

O Caminho da Sabedoria

Tive algumas más experiências ao longo do Caminho. Muitos maus exemplos vindos de quem eu não esperava, mas humanamente possível porque seres incompletos fazem muitos erros. Se aprendem com eles e se renovam, amadurecem são perdoáveis. Se persistem nos erros se espera que o tempo lhes ensine da maneira menos dura. Sabedoria é a capacidade de ver a tudo e a todos da mesma forma e mesmo assim de forma diferente. É a forma mais justa de se agir. Nem sempre agrada a todos e nem sempre é compreendida. Na sabedoria não existe o eu, a certeza, o ter razão. Existe a harmonia de ambas as partes que cedem pelo todo.

Eu buscava no meu caminho sabedoria, mas não encontrei. Só encontrei pessoas disputando posições, lugares e títulos. Com o tempo isso criou em mim uma certa aversão que me afasta de certos lugares e pessoas. Mas eu reconheço que minha aversão também é uma fraqueza e tento ir contra ela.
Se ela me imobiliza eu tento sair da zona de conforto. por mais difícil que isso seja com tempo e com os anos passando, tentar é a única saída. Desistir é uma saída fácil e daria a vitória a pequeno eu.