13 março, 2014

Não esqueça sua mente no banheiro

Limpar banheiros é tão importante quanto fazer meditação. Estive em muitos banheiros até hoje. Em muitos retiros com banheiros impecáveis e em retiros onde o banheiro parecia-se com aqueles banheiros públicos onde você pensa: que horror! Mas se a necessidade é maior que a situação vc. se obriga a usar.

Certa vez um professor nos contou que vinha ao Brasil num voo lotado e que ao entrar no banheiro da aeronave deparou-se com um caos. Primeira atitude não foi praguejar, nem chamar a comissária de bordo. Ele simplesmente viu a situação e pós-se a limpar o banheiro Primeiro para que ele pudesse usa-lo. Depois para deixar limpo para quem viria. Essa deveria ser nossa atitude "normal", mas não vemos assim. Usamos e não pensamos nos demais. Usamos e só vemos nossa necessidade. E assim é em muitos outros temas da vida. Nossa necessidade vem primeiro. Nos servimos do máximo de comida e não lembramos dos outros na fila. Primeiro eu. 



Manter o banheiro limpo é um exercício de prática, seja na sua casa, no trabalho ou na rua. Limpe os banheiros por onde passar e deixe-os prontos para quem vier depois de você. Faça esse exercício sem aversão.


Sem comentários: