31 janeiro, 2014

Cavalo de Madeira-2014



 

Happy New Year, may our strength gallop through the universe, sending love and compassion to all beings.

Zen Master Soeng Hyang



Pensei que não viveria para um ano do Cavalo de Madeira. Só se repete a cada 60 anos. Mas dizem que é  esse correspondente chinês ao meu signo. Vamos ver onde levarei esse cavalo barulhento, pois se é de madeira será para andar nele ou para andar com ele. Será para embalar-se nele?

Dizem que o cavalo é aquele ser que aguenta uma carga digamos "de cavalo". Nem reclama do trabalho, pois não lhe deram voz para reclamar. Apenas leva sua carga. Quer dizer: leva a carga dos outros, pois de sua, há apenas o corpo a carregar.

Há quem esteja retornando a criar cavalos "livres" como eles foram antes de serem capturados e adestrados. Mas isso é apenas mais um modismo para agregar valor no resultado final que é a venda.

Ninguém de fato é livre. Todos estamos presos à condições, à ação-reação do nosso carma. A liberdade só existe no pleno despertar. Poucos sabem o que é isso e poucos tem coragem de buscá-la como Buda o fez, por isso ele ainda é o ÚNICO DESPERTO que conhecemos.

Um ano do Cavalo deve significar um ano de muito trabalho, alguns galopes por ai nos intervalos.

Já que o assunto é exotérico, o ano de 2014 é um ano 7. Um número que convida ao despertar. Mas quem precisa de números e signos para despertar? Todo momento é um momento para despertar.

Sem comentários: