17 maio, 2013

Sugestão de Livro: Um Mundo Iluminado


Um Mundo Iluminado faz uma análise do comportamento religioso da civilização desde Homero até Foster Wallace. O viés é a filosofia e análise de algumas obras literárias. Como alguns autores tratam a concepção de Deus em suas obras. O politeísmo dos gregos em Homero. O monoteísmo em Euripedes. O cristianismo-judaísmo em Dante, o niilismo em Foster Wallace. Politeísmo versus monoteísmo e a relação mais favorável ao fanatismo, são alguns dos temas do livro.

O budismo é apenas citado rapidamente. Não cabe na análise pois não há uma obra literária a qual eles poderiam relacionar e nem a noção de deus.

"Um deus que, na terminologia de Homero, é um estado de espírito, que nos sintoniza com o que mais importa em uma situação, o que nos permite responder de forma adequada, sem pensar."

"Excelência no sentido grego não envolve nem a noção cristã de humildade e de amor, nem o ideal romano de adesão estóica de seu dever. Em vez disso, a excelência no mundo homérico depende crucialmente de um sentimento de gratidão e admiração."

Não tenho como situar as páginas das citações pois meu livro é um e-book e nesse caso a paginação não é fixa.   
 

"Vivemos num mundo desprovido de heróis ou referências. O panteão dos deuses gregos é hoje uma curiosidade histórica, e o Deus omnipresente da Idade Média já não nos comanda as ações. Onde encontrar, então, um sentido para as nossas escolhas? Para a nossa existência? Hubert Dreyfus e Sean Dorrance Kelly procuraram respostas nos grandes clássicos da literatura ocidental. De Homero a David Foster Wallace, os autores propõe-nos uma releitura das obras-primas onde se enraíza a nossa cultura. Em pinceladas breves e incisivas, revisitam Melville e a maníaca perseguição a Moby Dick, descem ao inferno de Dante, revêm Descartes ou Kant. E redescobrem um antídoto para o niilismo contemporâneo, para o nosso inflexível individualismo. " (Resumo da Editora Lua de Papel)


Sem comentários: