21 setembro, 2012

Quantos Braços Você Tem?




Da série Buda também vende livros: "The Budhha`s Diamonds" de Corolyn Marsden e Thây Pháp Niêm.

A história se passa no Vietnã. "Todas as manhãs o garotinho Tihn acorda cedo para acompanhar seu pai que é pescador. Eles pescam o peixe e levam para vender no mercado. Eles pescam em um barco feito de bambu trançado que parece da cor do ouro em contraste com a cor turquesa do mar. E Tihn se sente orgulhoso de trabalhar ao lado do seu pai (Ba). Durante um ciclone que devasta a vila, eles perdem tudo: o barco feito pelo avô de Tihn, a casa fica descoberta, a irmã se fere na confusão para salvar os barcos na praia. Sem a pesca que sustenta as famílias da vila Tihn se vê obrigado a mendigar por um pouco de arroz na vizinhança. Um ajuda ao outro, como na guerra. Por algum momento ele gostaria de ser apenas uma criança, de jogar bola, empinar pipa, de ter algo mais do que apenas o suficiente para comer, talvez um carrinho com controle remoto como as crianças que tem parentes na América e por isso vivem melhor. Mas seu pai precisa de sua ajuda para consertar o barco e seguir pescando.  A família de Tihn é budista e a medida que os eventos ocorrem o garoto lembra-se do que ouviu o monge falar certo dia no templo. "Hoje eu ofereço a vocês um punhado de diamantes. Não um diamante. Vocês devem pensar que temos pouco na nossa vila. Vocês devem pensar que estamos tristes mas nós temos o sol e a lua, a fonte de todos os poemas. Nós temos o diamante de nossa mãe. Mesmo que sua mãe tenha partido, você a tem com você. Você tem o diamante do seu pai....O mar cheio de peixes, o ar fresco, o ar respirado para dentro e para fora de nosso corpo- todas essas coisas são belos diamantes na nossa vida, brilhando dia e noite. O Buda oferece a vocês esses diamantes de verdadeira felicidade..."

A história se passa sete anos após a guerra do Vietnã ter terminado mas o assunto "guerra" ainda está muito presente na lembrança dos mais velhos. O Vietnã sofreu durante a guerra e depois com o excesso de minas espalhadas pelo país. Muitos perderam a vida ou partes do corpo pisando nelas. ONGs se dedicaram a angariar fundos para desarmar as minas, processo que ainda não acabou.

A história relatada no livro foi ouvida pela autora, do vietnamita Thây Pháp Niêm que estava no Mosteiro Deer Park na Califórnia, comunidade dos seguidores do monge Tihn Nhah Hanh.

E quando as coisas apertamTihn chama pelo Bodisattva da Compaixão "Phat Ba Quam Ahm." ou Avalokiteshvara, para eles a Grande Mãe da Sabedoria e da Compaixão que nos protege e ajuda quando seu nome for chamado.

Tihn ouve o monge dizer que ela tem mil braços e olhos e ele tenta ver na estátua que seu pai leva no barco quantos braços ela tem. Quantos braços VOCÊ tem?

Sem comentários: