20 agosto, 2012

Mestres e Amigos

Mestre Zen Seung Sahn e Taizan Maezumi Roshi compartilharam uma longa amizade.




Talvez poucas pessoas saibam quanto os coreanos detestam os japoneses pelos anos de opressão aos quais a Coreia foi submetida pela invasão japonesa. Da mesma forma os chineses não nutrem nenhum sentimento de benesse aos japoneses pelos mesmos motivos e os japoneses sempre aprenderam que coreanos e chineses não são confiáveis ou não são amigos do seu país. Mesmo dentro do próprio país eles fazem distinção com quem é do sul ou do norte. Como nós fazemos com os nordestinos. Vivendo tão próximos durante séculos eles sempre viram em seus vizinhos um inimigo em potencial ou quanto muito mantiveram uma distância aceitável.

Quando o mestre Zen Seung Sahn viveu em Los Angeles um dos seus amigos mais próximos foi o mestre zen japonês Maezumi Roshi. Eles se encontravam varias vezes e conversavam sobre si, sobre o zen, e assuntos os mais banais. Um exemplo de que apesar das desavenças do passado criadas sues lideres políticos, eles cidadãos do mundo, podiam esquecer esse passado e viver somente o momento presente.

Mestre Zen Seung Sahn nasceu na Coreia do Norte, mas seus pais fugiram para  Coreia do Sul. Eles eram critãos pois o budismo só podia ser praticado pelos monges e monjas. Depois de ler o Sutra do Diamante ele decidiu ser monge e fez um retiro de 100 dias em uma montanha na Coreia do Sul. Ao voltar, ele passou três anos em retiro no mosteiro recebendo mais tarde a Inka-transmissão. 

O governo na Coreia do Sul não é budista e faz o possível para dificultar a vida dos monges e mosteiros favorecendo a religião do presidente e perseguindo a religião que sempre foi predominante na Coreia do Sul: O Budismo Zen. Por esse motivo, o Mestre Zen Seung Sahn foi aconselhado a imigrar e levar o zen para outros países onde ele fosse mais receptivo.

Ambos: Maezumi Roshi, Mestre Seung Sahn e tantos outros mestres construíram os pilares do zen budismo no Ocidente. Muitos, professores e mestres, estudaram com eles, e hoje são nossos professores. Tetsugen Bernard Glassman, Dennis Genpo Merzel, John Daido Loori,Charlotte Joko Beck e Monja Coen foram alguns dos alunos de Maezumi Roshi na América. Maezumi estudou no Rinzai e depois no Soto zen. Combinava a pratica de koans com o Shikantaza. Provavelmente o Roshi bateu koans no estilo coreano com o MZ Seung Sahn.

Que o esforço desses mestres seja sempre honrado. E a amizade e não a rivalidade sejam cultivadas.

Sem comentários: