28 junho, 2012

Os Equivocos de Freud


A noção que temos de Ego é a noção freudiana de duas entidades separadas: Você + Ego.

Deve ser por isso que muita gente fala por ai que se matar o Ego acabam-se os problemas. Ledo engano.

O que mais me intriga é que Freud tinha simpatia pelo Budismo, mas ao que parece não conseguiu entender um conceito básico do Budismo. Nada é separado. Não existe: Eu, Vc. Ele. Só existem como pronomes pessoais.

Sugiro que Você + Eu esqueçamos esse tal de Ego e sigamos praticando Momento a Momento.

Sem comentários: