03 agosto, 2010

Saber Esperar.

Para ir no primeiro retiro tive que vender meus livros e Cd´s. Quanto mais praticava mais flechas eram miradas sobre mim. Por um tempo aguentei firme. Em algum momento desisti. Desisti porque não sabia como lidar com tanta oposição e tanto ataque. Optei por me retirar do campo de batalha para me fortalecer no silêncio e no isolamento.

Pode até ter sido uma fraqueza minha, mas esse recuo me fez ver claramente coisas que eu não poderia ver se ficasse com raiva da situação. Era necessário esse distanciamento para ver melhor todas os elementos envolvidos e a mim mesma.

Na maioria das vezes, apenas não estamos prontos para lidar com os obstáculos que surgem e não sabemos deixá-los ir sem tentar prender ou controlar, sem se irritar e acabamos por destruir o que nos levou ao encontro do Dharma.

Paciência e humildade são elementos importantes no início. A arrogância ou pretensão de saber e querer podem nos levar a conflitos com os demais e certamente essas ondas irão gerar sofrimento.

Agora tenho melhor discernimento que antes. Agora sei esperar e fortalecer meus pontos fracos. Nada mais é tão importante e tão urgente que despertar. Tempo e espaço não tem importância para aquele que sabe esperar.

A luz do Dharma está em tudo. Só precisamos aprender a ver.

1 comentário:

Sandra Nabuco disse...

Adorei seu post!
Eu tenho o dom da paciência e sei o quanto isso é importante em alguns momentos da minha vida!
Beijos!
Fique com a Luz,a Paz,a Saúde e a Sorte,sempre!