26 agosto, 2010

Antídoto e Remédio

O antídoto para a preguiça é cultivar a perseverança.
O antídoto para o egoísmo e cultivar a generosidade.
O antídoto para a mentira é cultivar a confiança.
O antídoto para a arrogância e prepotência é cultivar a reverencia e humildade.
O antídoto para a raiva é cultivar o perdão.
O antídoto para aversão é cultivar admiração.
O antídoto para o preconceito é amar a diversidade.
O antídoto para a possessividade é cultivar a generosidade.
O antídoto para a raiva é cultivar a compaixão.
O antídoto para o medo é cultivar a coragem saudável.
O antídoto para a coragem é cultivar a energia.
O antídoto para a intolerância é cultivar a tolerância.


O antídoto para o veneno e provar do próprio veneno.


Buda sempre tinha um remédio para cada doença. O remédio era o ensinamento do caminho correto baseado na profunda sabedoria de quem experimentou esse caminho na pratica, no dia a dia. Mas o remédio mais acessível a todos nos até hoje deixado por Buda é a meditação. É um remédio disponível a todos que o encontrarem em seu caminho, sem custo e com benefícios imensuráveis.

Sem comentários: