14 junho, 2010

Antes de querer ser um mestre, seja um Bodhisatva para todos os seres.

Há por ai algumas pessoas que se fazem passar por mestres. Às vezes por malandragem e outras por não saberem esperar o momento certo de ensinar.

Se um aluno estiver ensinando, fazendo entrevistas (dokusan), ensinando koans, ou fazendo palestras está pondo a carroça na frente dos bois.

Todavia há muitos "mestres" por ai fazendo retiros e dokusans sem treinamento e sem autorização. Pessoas com fome de serem reverenciadas,com a ilusão de estarem ajudando,de se sentirem especiais e que na intimidade de uma entrevista põem os pés pelas mãos, dizem bobagens para quem ingenuamente lhes confia a "alma", pessoas até desesperadas por um alento, um concelho, pessoas muitas vezes doentes que não tem condições de entender quando alguém lhes diz:"Vc. precisa morrer, ou vc. precisa matar o ego." Então essas pessoas entendem ao pé da letra e fazem o que esse pretenso mestre lhes diz. Santa ingenuidade. Como alguém pode ouvir tais frases e não achá-las insanas. Pois nenhum mestre as diria sem um contexto muito bem explicado e esclarecido.

E se essas coisas acontecem tanto, principalmente aqui no Brasil, é pq. nós também alimentamos um estilo de budismo que tem que falar, dar explicações, responder perguntas e dar palestras. Nossa cultura não suporta o silêncio e alimenta ou empurra as pessoas para uma direção para a qual não estão preparados para assumir.


"Mestres" assim só vão acumular carma e cadáveres nas costas. São como Zaratustra, que depois de meditar solitário numa caverna por 30 anos achou-se mestre e saiu a procura de discípulos. O que conseguiu? Um cadáver nas costas.


Antes de buscar ser um mestre seja um Bodhisatva para todos os seres. Pois sem treinamento de Bodhisatva ninguém pode ser mestre de ninguém.

Bodhisatva: É um ser de grande sabedoria, grande compaixão. Capaz de abrir mão de si para conduzir todos os seres ao despertar. Um Bodhisatva não tem "eu" "meu", apenas segue a situação e está livre para ser o que for necessário em cada momento.

Sem comentários: