21 dezembro, 2009

Não Evite o Natal.

Algumas pessoas perguntam como é o Natal dos Budistas? Não sei. Ele de fato não existia no mundo Oriental, mas hoje com a tal globalização parece que invadiu todos os cantos do planeta. Muitos japoneses, chineses, coreanos são católicos, protestantes ou evangélicos. Poucos budistas, para os quais certamente o Natal não faz sentido, já que os budistas tem no nascimento de Buda o seu dia de festa.

Para alguns o Natal é uma praga do consumismo e do desperdício. Para outros mais uma chance para pelo menos por alguns momentos reconectar-se com bons sentimentos, perdoar coisas do passado e festejar com a família, mesmo que algumas festas não acabem bem. Afinal juntar tanta gente diferente num único lugar não pode dar certo. Nem nos retiros dá certo porque no Natal daria? Já viu quanta gente briga ou reclama nos retiros? Deve ser da natureza de quem vai à encontros.
Ficar sozinho para evitar os encontros e as brigas é bobagem. Ficar sozinho quando muitos estão confraternizando-se nos torna mesquinhos e tristes.


Moramos no Ocidente e a única maneira de evitar o Natal é ir para um lugar onde não haja nenhum vestígio dele. Do contrário é melhor não evitá-lo porque faz parte de nossas vidas desde bebê. Não há como negar. Só precisa curtir e aproveitar da melhor maneira possível pois certamente sua família e seus amigos não são budistas e não ficarão sem festa.


Portando se vc. é Budista não deve se preocupar com o Natal. Apenas esteja presente no momento e não se agarre a sua ideia de como as coisas devem ser ou como vc. gostaria que fossem.

Fotos daqui.

1 comentário:

SANDRA NABUCO disse...

Olá Jeane,
muito importante esta mensagem!
Realmente não devemos negar as coisas!
O Natal está aí,ele existe!
Eu sigo a doutrina Budista e prefiro agir da forma que manda meu coração e minha natureza budica!
Descrevo como irei passar mais um Natal, em um dos meus posts!
Há alguns anos penso e ajo assim e sou muito feliz assim!
Beijinhos!

Que as boas energias estejam sempre próximas a você!