02 outubro, 2009

Grandes Ondas

Nos primórdios da era Meiji, vivia um lutador bem conhecido chamado O-Nami, "Grandes Ondas".

O-Nami era muito forte e conhecia a arte da luta.

Em lutas privadas ele derrotou até mesmo seu professor, mas em público era tão tímido que seus próprios alunos o derrotavam.

Hakuju, um professor errante, se encontrava em um pequeno templo nas proximidades. Quando O-Nami soube fui vê-lo e falou-lhe do seu grande problema.

"Grandes Ondas é seu nome," disse-lhe o professor, "Então fique neste templo esta noite. Imagine que vc. é aquelas ondas. Vc. não é mais um lutador que está com medo. Você é essas imensas ondas varrendo tudo a sua frente, engolindo tudo em seu caminho. Faça isso e vc. será o maior lutador da terra."

O grande professor foi dormir e O-Nami sentou em zazen tentando imaginar-se como as ondas. Pensou em muitas coisas diferentes. Depois aos poucos ele aprofundou gradualmente a sensação das ondas. Assim que a noite avançava as ondas ficavam mais e mais grandes.

Elas arrancaram as flores em seus vasos. Mesmo o Buda no santuário ficou inundado. Antes do amanhecer o templo era nada mais que o fluxo e refluxo de um mar imenso.

De manhã, o professor encontrou O-Nami, meditando, com um leve sorriso no rosto. Ele deu um tapinha no ombro do lutador. "Agora, nada pode perturbá-lo."- disse ele. "Você é aquelas ondas. Você vai varrer tudo antes de você."

No mesmo dia O-Nami disputou uma luta e ganhou. Depois disso, ninguém no Japão foi capaz de derrotá-lo.

101 Histórias Zen. Zen Flesh, Zen Bone, Paul Reps, Nyogen Senzaki. Disponível em inglês no Google Books.

Sem comentários: