24 agosto, 2009

O sabor "real" dos alimentos.

Já sentiu na língua a diferença entre o Jardim do Éden e a lata de lixo?

Ao mesmo tempo que é maravilhoso é estranho e chocante.É como se descobrir dentro de outro mundo, com outros códigos palatais.
poder identificar o grau de vitalidade do alimento é mágico.

Pode ser diferença entre o podre, velho, um alimento morto (vazio de energia),sem vida, em estado de decomposição e um alimento vivo (cheio de energia.

Isto pode ser experimentado quando praticamos a atenção plena ao comer. É como um processo de desintoxicação. Sem contar que o processo de desintoxicação alimentar em si já vale a pena. Deixar de lado alguns hábitos, se disciplinar. O bem-estar é enorme, sem preço.

Sem comentários: