28 abril, 2009

Leve os Três Tesouros para onde vc. for.

Com a globalização: oportunidade de morar por um tempo em várias cidade ou países fica cada vez mais raro estabelecer vinculo com um Sanga. Somente quem tenha estabelecido raízes em algum lugar pode então partir em busca de um sanga. Pode não ter nenhuma comunidade zen na sua cidade. Pode não haver um mestre com o qual vc. venha a se conectar. Então o que fazer? No meu caso não havia sanga onde eu morava e nem professores. Alguns apareciam de vez em quando para fazer palestras ou iniciações. Quando meu interesse pelo zen se tornou forte em pouquíssimo tempo apareceu uma mestra. Tive sorte. Mas ela vivia longe do Brasil e não podia estar aqui com frequência, então, tive que ir para fora para treinar. Quase sempre é assim. Se nosso mestre não está aqui, precisamos estar com ele onde ele está. Havendo a ligação"mente com mente", não importa a distância, nem o tempo que ficamos sem vê-lo. Nossas mentes se comunicam.

Na Escola Zen Kwan Um há cada vez menos grupos. Tem se investido em centros nas grandes capitais do mundo. É para lá que vamos quando precisamos fazer retiros. De resto a ênfase desta Escola é na prática de "momento a momento". A prática cotidiana. Onde vc. está agora? O que vc. está fazendo? O que é isso? Olhe é veja.

O zazen pode e deve ser feitos todos os dias, mas não precisa abrir um grupo para isso. A estrutura de um grupo, às vezes se torna cara e poucos se dispõem a ajudar no aluguel de um espaço,que pode ser, dependendo da cidade, inviável. Todavia se vc. precisa do apoio de alguém sentando-se em zazen convide seus amigos para te fazerem companhia. Mas se vc. tem um espaço e pode disponibiliza-lo para a prática essa pode ser uma boa iniciativa. Ainda assim, seria melhor antes ter estabelecido contato com um mestre para seguir suas orientações.

Sem comentários: