23 julho, 2009

Qual a natureza dos Budas.

No Tibete dizemos que assim como é da natureza do fogo queimar, ou a da água matar a sede, é da natureza dos budas estar presente logo que alguém os invoca, tão infinito é seu compassivo desejo de ajudar todos os seres sensíveis.

Não pense nem por um instante que se você invocar a verdade para socorrer um amigo que morreu será menos efetivo do que se um "homem santo" orasse por ele.

Pelo fato de estar perto da pessoa que morreu, a intensidade do seu amor e a profundidade de sua ligação dão à sua invocação um poder maior. Os mestres nos asseguram isso: chame-os e os budas vão responder.

Sogyal Rinpoche



[O Livro Tibetano do Viver e do Morrer.]

Sem comentários: