19 novembro, 2008

A língua não tem Ossos.

Muitas vezes falamos o que queremos e depois temos que nos ver com as consequências do nossa língua solta ou ferina. No bastão do despertar do mestre zen está cravada uma frase muito útil:"A língua não tem ossos." Quantos esquecem e põem-se a usar sua língua indiscriminadamente, sem pensar que estão ferindo, magoando, causando mal estar, apenas porque é a sua língua e você a usa como bem entender. Então vamos a outro provérbio muito sábio:"Quem fala o que quer, ouve o que não quer." Pois se a sua língua não tem travas (ossos) a dos outros tb. não tem.

O mestre zen sempre está com seu bastão apostos para te lembrar que a língua não tem ossos e vc. deve ter muito cuidado com o que vai falar à ele. Mas sobretudo porque o zen é feito sem palavras e sendo ele um mestre de koans, pouco servirá ter uma língua. Já que os koans em grande maioria não podem ser respondidos com palavras.

Sem comentários: