26 novembro, 2008

Enterre seus mortos.

Quando vejo tantas pessoas insistindo em se agarrar a questões do passado me vem à lembrança a história da mulher indiana que por muito tempo percorreu vários vilarejos em busca da cura para o filho que carregava nos braços. A criança já havia morrido e estava se decompondo, mas ela não conseguia ver e deixar seu filho ir. Ela não conseguia aceitar aquela perda tão dolorosa.

Alguém precisava lhe trazer de volta a realidade e coube ao Buda essa tarefa. Mas Buda não lhe deu um tapa na cara e disse:"Acorda, não vês que teu filho já morreu!".

Ele a fez ver por si mesma de uma maneira clara e definitiva. E o resto da história das sementes de mostarda vc. já deve saber. Então seria bom enterrar nossos mortos. Essas assombrações do passado antes que eles nos enterrem. Faça lá o ritual (colocar tudo numa caixa e queimar) que vc. quiser, mas despeça-se do passado e vá viver a vida com mais leveza.

Sem comentários: