12 dezembro, 2006

Zen Mind




O grande mestre zen Tozan uma vez escreveu:"A montanha azul é a mãe da nuvem branca e a nuvem branca é a irmã da montanha azul. Todo o tempo uma depende da outra mas elas são independentes entre si. A nuvem branca é sempre nuvem branca e a montanha azul é sempre montanha azul." Está é a interpretação de Tozan deu da vida. Isto quer dizer que a nuvem tem existencia dependente e idependente. Quando as condições mudam ela muda e vai adiante, sem deixar marcas onde passou. Este é o caminho zen: sem ação, sem intenção.
Quando há um som nós estamos aqui. Se nossos olhos estão abertos nós vemos. Não há mais nada elém disso.
Quando nos vemos como uma nuvem branca. Quando chegamos a esse entendimento por nós mesmos é suficiente. Não há mais confusão. Despertar para esse entendimento é a prática do Zen.

Sem comentários: