15 novembro, 2006

Retiros Avançados.

Há algum tempo atrás fiz um retiro solitário. O lugar foi escolhido ao acaso. Na verdade o lugar que escolhi não deu certo. Tentando sair desse lugar me perdi no meio da mata fechada e fiquei 8 horas andando até achar a saída. Minha sorte é que eu estava em uma ilha e sabia que andando para sul, norte leste ou oeste eu acabaria chegando até o mar. Quando vislumbrei depois de vários tombos, descidas de tobogã em pedras, tropeços e pisões em bromélias cheias de água, uma visão de mar azul, pensei estou salva. Cheguei num lugar que até uma bica d´água tinha. Era um costão onde as ondas estouravam. Também havia uma pedra enorme em cima de outra formando uma semi caverna onde eu podia me proteger do sol, vento e chuva. Pretendia ficar semanas, mas só aquentei uma semana. Era verão e o trânsito na trilha que passava perto, o trânsito de barcos no mar e a presença de catadores de mariscos me incomodava. Imagino que o maior problema de um retiro solitário sem nenhum conforto, ao ar livre é a insegurança de aparecer alguém. Um homem pode até passar desapercebido mas uma mulher complica. O medo foi um obstáculo muito grande. Mas o medo ao mesmo tempo me deixava 100% desperta. Não havia como dormir porque qualquer ruído era maximizado. Eu tentava dormir em cima de uma grande pedra mas as baratinhas do mar andavam por todos os lados e tinha medo que entrassem nas roupas. As ondas quebrando na pedra me davam a sensação de que iriam vazar para onde eu estava e me arrastar para dentro do mar. Até medo de tomar banho gelado eu tive.Tortura total.

Esse tipo de retiro é um passo muito avançado e não deve ser feito sem que outras etapas da prática já tenham sido testadas. Minha professora quando soube não gostou nem um pouco.

Na Escola Zen Kwan Um este tipo de retiro solitário é frequente. Há lugares específicos em mosteiros e em montanhas próximos aos mosteiros que são reservados para essa finalidade. Não são incentivados pois nada nessa Escola é sugerido ou incentivado. Cada um deve saber de si. Consultar seu mestre antes é fundamental, pois ele é responsável por vc. e se lhe acontecer algo a ele caberá responder por isso. Portanto não devemos ser irresponsáveis.

Sem comentários: