14 dezembro, 2006

Preces para a Mestra

Todos meus pensamentos e meditação são para Mestra Heila que está passando por um momento delicado de saúde.

To my Zen Master Heila. She is passing for a delicate process with a Melanoma.

"Your thoughts, love, meditations and support will go along way towards the healing and being with this change and process."

Kwan-Seum-Bosal....

Kwan Seum Bosal Canto

12 dezembro, 2006

Zen Mind




O grande mestre zen Tozan uma vez escreveu:"A montanha azul é a mãe da nuvem branca e a nuvem branca é a irmã da montanha azul. Todo o tempo uma depende da outra mas elas são independentes entre si. A nuvem branca é sempre nuvem branca e a montanha azul é sempre montanha azul." Está é a interpretação de Tozan deu da vida. Isto quer dizer que a nuvem tem existencia dependente e idependente. Quando as condições mudam ela muda e vai adiante, sem deixar marcas onde passou. Este é o caminho zen: sem ação, sem intenção.
Quando há um som nós estamos aqui. Se nossos olhos estão abertos nós vemos. Não há mais nada elém disso.
Quando nos vemos como uma nuvem branca. Quando chegamos a esse entendimento por nós mesmos é suficiente. Não há mais confusão. Despertar para esse entendimento é a prática do Zen.

11 dezembro, 2006

Retiro Soto Zen

Há muito tempo queria conhecer Coen Sensei. A oportunidade chegou.
O Retiro de sete dias no mês de dezembro é chamado Rohatso, em comemoração à Iluminação de Buda.

Foto: Renato Carvalho (Kosho)

08 dezembro, 2006

Iluminação do Buda



Quando Buda Despertou ele tocou o chão e disse:
"Eu e todos os seres da Grande Terra simultaneamente nos tornamos Um."

24 novembro, 2006

Existem três coisas em nossa vida:

A primeira
: uma parte de comida. Na nossa vida cada um de nós tem o direito a uma parte de comida. Não sabemos qual quantidade, mas uma parte de comida nos é devolvida nesta terra.

A segunda
: uma parte de vida. No nosso nascimento, nossa vida já está contada, mas não sabemos disto.

A terceira: uma parte de felicidade. De felicidade na existência.

Se reunirmos estas três partes completamente, é uma vida maravilhosa.

Quanto a isso, há uma história engraçada. Uma pessoa morreu. Naturalmente, foi direto para o inferno. O Senhor dos Infernos começou a consultar o Livro, verificando a identidade dessa pessoa, os atos que ela cometeu, e não achando nada disse: - Que faz você aqui? Não devia estar aqui. Então, consultou novamente seu Livro e disse: -Ah, compreendo agora. É que acabou a parte da comida. Sua parte de comida se esgotou pelo desperdício, mas você ainda não terminou sua parte de existência. A pessoa perguntou: -Que farei então?
-Volte lá para baixo. Finalmente lhe enviaram de volta para a terra. Ele saiu de seu caixão, renasceu e viveu de novo e se diz que dali para frente nada mais pode comer senão folhas de lótus. Esta história nos mostra a parte de comida, a parte de vida, e a parte de felicidade.

Tokuda Sensei

Em tempos de anorexia é de se pensar: será que a "parte de comida acabaou"?

20 novembro, 2006

Cuidado

"Tem cuidado contigo. Sempre que, à medida que fores crescendo, tiveres vontade de converter as coisas erradas em coisas certas, lembra-te que a primeira revolução a fazer é dentro de nós próprios, a primeira e a mais importante. Lutar por uma ideia sem se ter uma ideia de si próprio é uma das coisas mais perigosas que se pode fazer.
(...) E quando à tua frente se abrirem muitas estradas e não souberes a que hás-de escolher, não metas por uma ao acaso, senta-te e espera. Respira com a mesma profundidade confiante com que respiraste no dia em que vieste ao mundo, e sem deixares que nada te distraia, espera e volta a esperar. Fica quieto, em silêncio, e ouve o teu coração. Quando ele te falar, levanta-te, e vai para onde ele te levar.

" Vai Aonde Te Leva O Coração " - Susanna Tamaro

Pintura de Valdiney Sousa Suzart. Clique nela para ampliar.

18 novembro, 2006

Pais & Filhos

Minha tia disse que "os filhos nascem para ensinar algo aos pais."

Infelizmente somos tão egoístas que só olhamos o caminho inverso: os país é que devem nos ensinar. E eles ensinam. O tempo todo. Com exemplos bons ou ruins, com palavras doces ou duras e até com o silêncio. Só aprendemos a ouvir com o tempo e a maturidade. Estamos sempre muito centrados em nós mesmos, em nossas necessidades. Não há tempo para olhar em volta e perceber a riqueza que o universo nos oferece.
Que todos tenham tempo de perceber o tempo perdido reforçando o "Eu, Meu".

15 novembro, 2006

Retiros Avançados.

Há algum tempo atrás fiz um retiro solitário. O lugar foi escolhido ao acaso. Na verdade o lugar que escolhi não deu certo. Tentando sair desse lugar me perdi no meio da mata fechada e fiquei 8 horas andando até achar a saída. Minha sorte é que eu estava em uma ilha e sabia que andando para sul, norte leste ou oeste eu acabaria chegando até o mar. Quando vislumbrei depois de vários tombos, descidas de tobogã em pedras, tropeços e pisões em bromélias cheias de água, uma visão de mar azul, pensei estou salva. Cheguei num lugar que até uma bica d´água tinha. Era um costão onde as ondas estouravam. Também havia uma pedra enorme em cima de outra formando uma semi caverna onde eu podia me proteger do sol, vento e chuva. Pretendia ficar semanas, mas só aquentei uma semana. Era verão e o trânsito na trilha que passava perto, o trânsito de barcos no mar e a presença de catadores de mariscos me incomodava. Imagino que o maior problema de um retiro solitário sem nenhum conforto, ao ar livre é a insegurança de aparecer alguém. Um homem pode até passar desapercebido mas uma mulher complica. O medo foi um obstáculo muito grande. Mas o medo ao mesmo tempo me deixava 100% desperta. Não havia como dormir porque qualquer ruído era maximizado. Eu tentava dormir em cima de uma grande pedra mas as baratinhas do mar andavam por todos os lados e tinha medo que entrassem nas roupas. As ondas quebrando na pedra me davam a sensação de que iriam vazar para onde eu estava e me arrastar para dentro do mar. Até medo de tomar banho gelado eu tive.Tortura total.

Esse tipo de retiro é um passo muito avançado e não deve ser feito sem que outras etapas da prática já tenham sido testadas. Minha professora quando soube não gostou nem um pouco.

Na Escola Zen Kwan Um este tipo de retiro solitário é frequente. Há lugares específicos em mosteiros e em montanhas próximos aos mosteiros que são reservados para essa finalidade. Não são incentivados pois nada nessa Escola é sugerido ou incentivado. Cada um deve saber de si. Consultar seu mestre antes é fundamental, pois ele é responsável por vc. e se lhe acontecer algo a ele caberá responder por isso. Portanto não devemos ser irresponsáveis.

27 outubro, 2006

Talk/Palestra- Para que serve o papel higiênico?

Vídeo em inglês. Resumi um pouco do que entendi, mas pode ter alguma coisa diferente. Se vc. entende inglês melhor pode me corrigir.



Esta monja está contando uma história de quando visitou vários países na Europa. Em Berlim,Alemanha ela conta que logo que chegou lá haviam várias cartas para o mestre Zen Seung Sahn Sunim. Uma delas lhe chamou a atenção porque a pessoa dizia que se o Mestre Zen não a recebesse chamaria a polícia.
A monja ficou muito assustada e não sabia o que fazer então ela foi falar com o Mestre Zen. Ele disse que tudo bem a mulher podia vir vê-lo. Ela chegou no Centro Zen dizendo que queria ficar cara a cara com o Mestre Zen, só eles dois. Eles ficaram preocupados em deixá-la a sós com o Mestre Zen. Depois de um tempo ela saiu da sala toda sorridente com um livro e outro mestre perguntou a ela.
-O que é isso? É sua Bíblia.
Ela respondeu:
-Não,essa não é minha bíblia.Você é minha bíblia.
O mestre Zen respondeu:
-Não, não, eu não sou sua bíblia sou seu papel higiênico.

O papel higiênico é muito importante, sabia?

17 outubro, 2006

THICH NHAT HANH 14 Precepts:













"Do not be idolatrous about or bound to any doctrine, theory, or ideology, even Buddhist ones. All systems of thought are guiding means; they are not absolute truth.



Do not think that the knowledge you presently possess is changeless, absolute truth. Avoid being narrow-minded and bound to present views. Learn and practice non-attachment from views in order to be open to receive others' viewpoints. Truth is found in life and not merely in conceptual knowledge. Be ready to learn throughout our entire life and to observe reality in yourself and in the world at all times.



Do not force others, including children, by any means whatsoever, to adopt your views, whether by authority, threat, money, propaganda, or even education. However, through compassionate dialogue, help others renounce fanaticism and narrowness.



Do not avoid contact with suffering or close your eyes before suffering. Do not lose awareness of the existence of suffering in the life of the world. find ways to be with those who are suffering by all means, including personal contact and visits, images, sound. By such means, awaken yourself and others to the reality of suffering in the world.



Do not accumulate wealth while millions are hungry. Do not take as the aim of you life fame, profit, wealth, or sensual pleasure. Live simply and share time, energy, and material resources with those who are in need.



Do not maintain anger or hatred. As soon as anger and hatred arise, practice the meditation on compassion in order to deeply understand the persons who have caused anger and hatred. Learn to look at other beings with the eyes of compassion.



Do not lose yourself in dispersion and in your surroundings. Learn to practice breathing in order to regain composure of body and mind, to practice mindfulness, and to develop concentration and understanding.



Do not utter words that can create discord and cause the community to break. Make every effort to reconcile and resolve all conflicts, however small.



Do not say untruthful things for the sake of personal interest of to impress people. Do not utter words that cause diversion and hatred. Do not spread news that you do not know to be certain. Do not criticize or condemn things you are not sure of. Always speak truthfully and constructively. Have the courage to speak out about situations of injustice, even when doing so may threaten your own safety.



Do not use the Buddhist community for personal gain or profit, or transform your community into a political party. A religious community should, however, take a clear stand against oppression and injustice, and should strive to change the situation without engaging in partisan conflicts.



Do not live with a vocation that is harmful to humans and nature. Do not invest in companies that deprive others of their chance to life. Select a vocation which helps realize your ideal compassion.



Do not kill. Do not let others kill. Find whatever means possible to protect life and to prevent war.



Possess nothing that should belong to others. Respect the property of others but prevent others from enriching themselves from human suffering or the suffering of other beings.



Do not mistreat your body. Learn to handle it with respect. Do not look on your body as only and instrument. Preserve vital energies (sexual, breath, spirit) for the realization of the Way. Sexual expression should not happen without love and commitment. In sexual relationships be aware of future suffering that may be caused. To preserve the happiness of others, respect the rights and commitments of others. Be fully aware of the responsibility of bringing new lives into the world. Meditate on the world into which you are bringing new beings.



Do not believe that I feel that I follow each and every of these precepts perfectly. I know I fail in many ways. None of us can fully fulfill any of these. However, I must work toward a goal. These are my goal. No words can replace practice, only practice can make the words.

Source : http://www.seaox.com/thich.html
Pic and Biography http://www.parallax.org/about_tnh.html

24 setembro, 2006

my heart
being gazed into
by a spring orchid

meu coração
sendo observado por dentro
por uma orquídea de primavera

Yoshico Yoshino

17 setembro, 2006

Aprendendo sobre o silêncio

Discípulo pergunta para mestre:

"Quando uma pessoa não consegue descrever o que ela sente, parece o quê?"

"Mudo comendo mel."---respondeu o mestre.

"E quando alguém sem conseguir sentir nada mais já fica falando muito, o que parece?"

"Parece papagaio chamando pessoas!"

Para aprender sobre "Zen" devemos ser como mudos, sentir no coração mas não falar com outros.
O maior pecado é ser como um papagaio, nada sentir e captar no coração, mas ficar repetindo qualquer bobagem.