08 dezembro, 2004

Tornar-se independente

(...)Os seres humanos deveriam despertar logo e encontrar sua natureza original. Mas como é que retornamos à nossa natureza original? Há certa de 2500 anos, o Buda vivia numa situação muito confortável. ele era o princepe chamado Sidarta e possuia tudo que quisesse. Mas ele não compreendia a si mesmo.

"Quem sou eu?" "Não sei"

Naquele tempo na Índia, a religião Hindu ligada aos brêmanes, era a religião principal. Mas o bramanismo não lhe oferecia respostas às suas perguntas acerca da natureza da vida e da morte. Então, Sidarta abandonou o palácio, foi para as montanhas e praticou várias austeridades espirituais por seis anos. ele encontrou o Caminho do Meio entre a auto gratificação e o extremo ascetismo.

Certa manhã quando meditava sob a árvore Bodhi, ele viu uma estrela no céu do Oriente. Naquele momento - boom!

O jovem Sidarta iluminou-se. Acordou e tornou-se um Buda. Ele compreendeu o eu. Isso significa que o Buda alcançou a verdadeira natureza de um ser humano, independente de qualquer força exterior, religião ou deus. esse é o ensinamento do Buda.

Mestre Zen Coreano Seung Sahn [A Bússola do Zen, p.21]

Sem comentários: