17 agosto, 2004

Too yama ga

medama ni utsuru

tonbo kana


==========

Nos olhos da libélula

refletem-se

montanhas distantes.

Issa. [Tradução: Paulo Franchetti/Elza
Taeko Do]

Sem comentários: