02 março, 2004

O silêncio nos assusta por retumbar no espaço vazio dentro de nós.
Quando nada se move nem faz barulho, notamos as frestas pelas quais espiam coisas incômodas e mal resolvidas, ou se enxerga por
outro ângulo de nós mesmos (...)

Lya Luft [Pensar é Transgredir, in: Veja, 03/03/04]

Sem comentários: