27 março, 2004

A Porta sem Porta

Um antigo texto zen-budista diz que, se quisermos aprender a meditar,
precisamos atravessar a porta sem porta.

Embora a entrada seja bem real, é ao mesmo tempo ilusória, não passando de
uma prosa interior, que nos afasta dos níveis mais profundos da nossa mente.

David Fontana [ Aprenda a Meditar,12, Publifolha]

20 março, 2004

[...] antes de nascer fazíamos parte das infinitas possibilidades de vida que poderiam ou não realizar-se [...]

[...] Talvez estar morto seja passar no oceano das ondas que permanecem para sempre,
logo, é inútil esperar que o mar se acalme...]

[...] O que conta é a própria experiência.. não se deve dar muita importância a tudo o resto.

Ítalo Calvino [ Como aprender a estar morto. In: Palomar, trad. Ivo Barroso, Cia Letras, p. 108-9]

11 março, 2004

Às vezes é preciso ir ao fundo do poço para ver nossa verdadeira face refletida no espelho d' água.
Nossa verdadeira natureza é bem mais suave e pura, mas sem choques a mente não se desprende.

06 março, 2004

Se precisarmos de aplausos, é porque ainda não morremos.
Se precisarmos de poder, é porque ainda não morremos.
Se precisarmos de destaque, é porque ainda não morremos
Se não pudermos trabalhar com humildade, é porque ainda não morremos.
Se precisarmos projetar uma certa imagem, é porque ainda não morremos.
Se precisarmos que tudo venha ao encontro aos nossos desejos, é porque ainda não morremos.

Receita Zen para o Dia a Dia
de Charlotte Joko Beck

02 março, 2004

O silêncio nos assusta por retumbar no espaço vazio dentro de nós.
Quando nada se move nem faz barulho, notamos as frestas pelas quais espiam coisas incômodas e mal resolvidas, ou se enxerga por
outro ângulo de nós mesmos (...)

Lya Luft [Pensar é Transgredir, in: Veja, 03/03/04]