25 novembro, 2003

Todas as religiões tem algum tipo de escapismo, um alento para o sofrimento.
em geral isso só se concretiza em outro plano, outras vidas, outro lugar.
No budismo o sofrimento pode ser extinto agora porque ele só existe em um momento, ele é apenas um momento, portanto não precisa esperar por um futuro incerto, um lugar sabe-se lá onde ou até mesmo esperar atingir um nível de estado superior ou especial. O sofrimento só existe fora do presente, quando surfamos no passado ou no futuro, quando nos apegamos aquilo que não está mais aqui, quando nos prendemos a estados mentais ilusórios.

A regra é prender e soltar. Prender o tempo necessário e depois deixar ir.
Se não deixamos as coisas irem sofreremos, se não deixarmos nossos sentimentos irem, sofreremos.


Sem comentários: