11 setembro, 2003

Se não hoje, quando?

A questão é como? Como você pratica? Não apenas praticar nesta almofada, mas como você pratica na sua vida.

Porque, na verdade, esses dois não são separados. Essa é a dificuldade que tantas pessoas costumam expressar
.
Como unir essas duas coisas? Não vemos a mão direita e a mão esquerda como
coisas separadas deste corpo!
Então, por que vemos a vida diária e a meditação como coisas separadas?

Interessante isso!

Minha suposição é a de que até que tenhamos muito, muito mais sofrimento, nós
não iremos mudar.
Por que precisamos de muito mais sofrimento para que acordemos?
Cada um de nós aqui já viu o que está havendo no mundo.
Sinceramente, alguém acredita que as guerras que estão acontecendo vêem da clareza e da compaixão? É bem o oposto!

O ponto é: O que você está preparado para fazer? Quando você vai aceitar a responsabilidade? Quando você vai se
comprometer?

Se não agora, quando?

No que precisamos acreditar? Não acreditamos no quê? Essa é uma das muitas
razões: Essa incompreensão de que é
você (o outro) que vai fazer por mim. Os professores, os gurus, os chefes da
nação, os políticos, os líderes, os
prefeitos; eles vão fazer e não eu! Mas, ainda assim, é necessária
apenas uma pessoa, somente uma. E o lugar para
começar é aqui, neste momento; porque tudo resulta deste momento.

do livro: Simplesmente Faça!
Heila Poep Sa Nim & Rodney Downey
© Edições Nalanda
http://edicoesnalanda.cjb.net/




Sem comentários: