24 setembro, 2003



Nossos corpos são como orvalho na grama, e nossas vidas como um clarão, deixando de existir em um momento.
Praticante sincero do Zen,...exerça o caminho que aponta diretamente para sua natureza Búdica original. Respeite aqueles que que realizaram completamente o conhecimento e nada mais necessitam fazer. Torne-se um com a sabedoria dos Buddhas e alcance a iluminação dos Patriarcas. Se você praticar por algum tempo, você realizará tudo isso...

Dogen [Fukanzazengi]

Sem comentários: