06 julho, 2003

Então por que meditar?
Porque aumenta sua sensibilidade à sua própria
raiva, medo, tristeza etc.. Na meditação, você aprende
a estar ciente. Ao passo que isso ocorre, você se
torna ciente de suas próprias emoções e sentimentos
juntamente com tudo mais na sua experiência, no
momento em que acontecem.
E provavelmente você irá descobrir que está em
alguma espécie de desconforto a maior parte do tempo,
e que a maior parte de seu desconforto vem de dentro.
Ao passo que você se torna mais ciente, você percebe
que cada coisa negativa que você cria pra si mesmo é
um processo. Começa ao ouvir alguém dizer algo que
você não gosta. Você tem uma resposta emocional. Seu
corpo se torna tenso. Seus pensamentos disparam à
busca de uma resposta. É todo um processo, não apenas
um evento.
Quanto mais ciente você estiver, menos tempo você
vai levar para perceber que isto está acontecendo. Se
você perceber rápido o bastante, você pode
redirecionar as coisas.

cérebro x iluminação: enviado por Emerson

Texto original em inglês:

So why meditate?

Because it increases your sensitivity to your own
anger, fear, sadness etc.. In meditation, you learn
to be aware. As that happens, you become aware of
your own emotions and feelings along with everything
else in your experience, right as they happen.

And you will probably find that you're in some sort of
discomfort most of the time, and that most of it comes
from within.

As you get more aware, you see that each negative
thing you create for yourself is a process. It starts
off with hearing somebody say something you don't
like. You have an emotional response. Your body gets
tense. Your thoughts sprint into looking for a
response. It's a whole process, not just one event.

The more aware you are, the sooner you notice that
it's happening. If you notice it quick enough, you
can re-route things.

Sem comentários: