26 fevereiro, 2003

Silêncio

Há alguns anos, quando eu só via o zen vagamente como uma filosofia de vida, comprei um livro num supermercado em Lion, depois larguei-o num albergue em outro país. Hoje achei algumas anotações que sobraram:

“O silêncio não é ausência de vida. É o ponto de encontro da realidade que nos traz de volta para essa dimensão, a qual chamamos de eternidade.
Sem o silêncio o Zen não existe. “

Bernard Baudouin [Le Zen- De la forme d’esprit a la maniere de vivre: Paris,1995]

Sem comentários: