14 novembro, 2002

O mais importante não é o cogito, ergo sum (penso, logo existo), mas o agito, ergo sum. (Faço, logo existo)

D.T. Suzuki [A doutrina Zen da Não-Mente]

Sem comentários: