17 novembro, 2002

Apagando ou acendendo a Luz?



“Lamentamos informar que Sua Eminência Chagdud Tulku Rinpoche faleceu na
madrugada de 17 de novembro de 2002.

“Algumas pessoas pensam que o remédio para o sofrimento está nas mãos de
Deus ou Buddha, em algum lugar externo a elas. Mas as coisas não são assim.
O próprio Buddha disse a seus discípulos, "

Eu lhes mostrei o caminho que
leva à liberdade. Seguir por esse caminho é algo que depende de vocês
".

"O caminho espiritual não é fácil, pois nos força a desafiar e enfrentar tudo que praticamente
Considerávamos verdadeiro ou real. Mas, se o seguirmos com constância,
esse caminho irá se revelar um amigo surpremamente confiável."

"A morte espera por todos nós, quer estejamos preparados ou não,
quer escolhamos pensar sobre ela ou não.
Para muitos de nós, a idéia de morrer trás tamanho mal estar que preferimos evitá-la por completo. Podemos até nos enganar, tentando nos convencer de que não temos medo da morte, de que ela não é nada demais. No entanto, aqueles que morrem sem estar preparados são assaltados por um medo tremendo, um medo que não se compara a nada que já tenhamos vivenciado.
Precisamos nos preparar para o momento em que a mente e o corpo irão se separar, desenvolvendo hábitos fortes de prática espiritual, que não se evaporem diante da morte. Se nos familiarizarmos com o processo de morrer, não seremos pegos de surpresa; não seremos paralisados pelo medo e nem distraídos pela confusão. Se desenvolvermos as habilidades meditativas necessárias, a morte poderá ser uma porta para o estado meditativo da iluminação, a partir da qual traremos sem cessar, benefícios para todos os seres”

Chagdud Tulku Rimpoche [Portões da Prática Budista, Cap. 20]


A Lama Sucessora


A americana [Jane Tromge] Chagdud Khadro

Sem comentários: