20 julho, 2002

O Gosto Amargo do Preconceito

Quando se viveu quase uma vida no meio de
católicos e se desperta para o
Budismo, cedo ou tarde experimenta-se o
gosto amargo do preconceito.
É como ser “um na multidão”.
A resistência da família faz parte dessa categoria
e não é fácil de encarar.

Sem comentários: