20 janeiro, 2002

Uma das minhas determinações para este ano era acordar cedo. Impossível, dormindo tarde.
Teria que mudar meu relógio biológico porque o relógio até desperta cedo, mas é só desligar
e voltar para a cama. Continuar sonhando. Tenho sonhado muito. Alguém disse que sonhar muito
é bom. Alguém já disse que não sonhar não é bom. Vá se entender o que é bom. Cada um deve
ter os seus parâmetros do que é bom e do que é ruim. Com certeza pesadelo não é nada agradável e
sonhar com seu amor é bom. Mas quem está beijando vc. no sonho? É seu amor ou um fantasma
faminto usando a imagem do seu amor para sugar sua energia? Por isso não gosto de sonhos eróticos.
nunca se sabe com quem estamos sonhando. Os tibetanos acreditam que há muitos mundos inferiores,
outros tantos medianos e mais alguns superiores. Todos habitados por almas nas mais variadas
situações, algo parecido com a Divina Comédiado Dante.
O sonho é um meio muito apropriado para os fantasmas famintos. Dormindo estamos vulneráveis.
Somos criancinhas desprotegidas. Acordados também, mas podemos, em algum momento de lucidez,
nos defender. Já dormindo, o que fazer? Um círculo imaginário em volta do seu corpo, do seu
leito, do seu quarto, da sua casa ou prédio. Só não lembro do mantra de proteção que se fala ao fazer
os círculos. Acho que qualquer mantra ou sinal de proteção serve. Dormir com uma das mãos sobre o hara,região abaixo do umbigo( a direita), e a outra mão os com três dedos abertos sobre o coração
( o sinal da trindade), fazer o sinal da cruz, rezar, pedir a proteção ao anjo da guarda. Cada crença deve ter as suas fórmulas. Não lembro de mais nenhum. Se alguém souber de outros sinais de proteção me conte...
Um monge disse que se dormirmos de barriga para cima sonhamos mais. Devemos dormir na posição
do leão, de lado direito, mais conhecida como posição fetal, ao invés do dedo na boca, ama mão sobre a cabeça e a outra sob a face, as pernas encolhidas, joelho sobre joelho, um pé sobre o outro. Era assim que Buda dormia, na postura do Nirvana.
Normalmente não sou de sonhar muito, ou de lembrar dos sonhos.
Estou fazendo prostrações e no último retiro que estive com uma Lama, ela disse que sonha-se muito
quando fazemos prostrações. Funciona como uma desintoxicação da alma. As impurezas saem
através do sonho. Dependendo do grau de desintoxicação podem ser sonhos terríveis. Os meus já foram
piores, mas estão melhorando. Acho que meu nível de intoxicação não está tão comprometedor.
Já no físico... Já sei, preciso tomar mais água.
Antes que alguém pergunte o que são prostrações já vou contando. Bem existem formas diferentes e cada tradição tem o seu jeito. No budismo tibetano é costume prostrar-se 3 vezes diante de Buda (na tomada do refúgio), dos gurus (vivos ou mortos), ou do Lama. Para mim é como uma penitência que o mestre pode pedir para seu aluno fazer. Quando alguém se confessa com o padre e ele pede para rezar 10PN e 10AM. Coisa pouca. Fácil, fácil.
O Lama vai pedir, dependendo do caso 100 mil ou mais! Cem mim é o mais comum. Já fiz as contas:
fazendo 108 por dia leva-se 926 dias, o que significa mais de dois anos e meio! No Zen não é comum, no
zen coreano faz-se 108 prostrações ao despertar. Para os tibetanos é um ritual de acumulação de mérito. Para mim, com já disse é um ritual de purificação da alma. Se vc. está doente e faz prostrações,
a doença sai de vc. porque a doença é uma forma de intoxicação primeiro da alma e depois acaba se expandindo para o corpo. Também pode ser um sacrifício que vc. faz por todos os seres do universo, daí a penitência não necessariamente por vc. mas por todos, que é na verdade a razão pela qual deveríamos rezar, meditar, e fazer penitência por todos e não por nos mesmos. Oferecendo ao universo oferecemos a nós mesmos porque tb. fazemos parte dele.
No budismo tibetano faz-se a prostração completa, levando todo o corpo ao chão: eleve as palmas unidas acima da cabeça, depois toque a testa, a garganta e o peito. Ainda com as mãos unidas estenda o corpo
tocando a testa no chão, eleve as mãos unidas para trás da cabeça e levante.
Pode-se fazer meia prostração. Coloque-se de joelhos, com as palmas unidas repita o mesmos pontos: cabeça, testa, garganta, peito. Incline-se para frente tocando o chão com testa, jogue as mãos unidas para trás, assim sucessivamente, sem levantar da posição em que estiver. Se vc. vê a novela “O Clone” preste atenção, quando estão na mesquita, é parecido, mas não é igual!
Vou procurar uma foto para colar aqui.(Quando eu descobrir como)
Certamente fiz muitooooos erros, correções e sugestões são bem-vindas.

Sem comentários: